Conexão Shawn Mendes » Arquivos » Shawn Mendes revela metas para o próximo ano e fala sobre realizações profissionais em entrevista à Teenage

Destaques

Shawn Mendes revela metas para o próximo ano e fala sobre realizações profissionais em entrevista à Teenage
11
dez
postado por
Categoria
Entrevista

Provocando uma onda de histeria por onde passa, a estrela da nossa capa de dezembro Shawn Mendes provou o porquê de ser um dos maiores fenômenos adolescentes da atualidade.

Shawn Mendes é uma espécie de “rockstar moderno” da nova geração – um título do qual ele parece se orgulhar. Durante uma entrevista exclusiva nos bastidores de seu show em Singapura, ele falou sobre a carreira e o sucesso apesar da pouca idade. Com apenas 19 anos de idade, basta acompanhar a performance do cantor canadense num palco para se convencer de seu inegável talento nato.

E é porque estamos cientes do efeito que ele causa nas pessoas que não nos surpreendemos com os cerca de cinco mil fãs nos recebendo com saudações ensurdecedoras e o zumbido esmagador de uma multidão surpreendentemente diversificada. Desde os namorados acompanhando suas parceiras até os pais tomando conta das filhas aos prantos, os “Mendes Army” eram só entusiasmo durante a apresentação de Shawn, que subiu ao palco ritmado pelos acordes do seu hit mais recente, “There’s Nothing Holdin’ Me Back “ (música que agitou o público e transformou o ambiente numa grande festa).

Munido com uma de suas inúmeras guitarras, o dono de vocais perfeitos transita pelos seus grandes sucessos como “Life of the Party”, “Three Empty Words” e “A Little Too Much”. Mas é em “Bad Reputation” que a atmosfera assume maior profundidade – a música é, inclusive, definida por ele como “visualmente grandiosa”. Destaque também para a apaixonante “Mercy”, ainda mais incrível devido à iluminação e responsável por boa parte das lágrimas e gritos.

Enquanto mantinha seu público entretido e interagia com ele sempre que possível, Shawn parecia saber exatamente como conduzir o coro de vozes que se juntava à dele. Neste cenário, até mesmo os menores detalhes despertam a euforia dos fãs  – os sorrisos radiantes do canadense ao final de cada música são um exemplo perfeito disso.

E se levarmos em conta os meros três anos de experiência de Shawn, é ainda mais surpreendente a sua postura profissional. Com uma coleção de prêmios conquistados, uma base de fãs devotada e agora uma visível influência global, nos perguntamos o que está por vir para Shawn Mendes em 2018, algo que ele tenta responder durante sua entrevista para a Teenage Magazine.

 

(Foto: Ambry Nurhayati / Bandwagon)

 

Essa é a sua primeira turnê em arenas e também seu primeiro show em Singapura. Como você se sente com tudo que está acontecendo?

Shawn: É maravilhoso! Meus fãs de Singapura vem me pedindo para vir há algum tempo e eles parecem realmente animados, então estou feliz também de estar aqui

O que você achou de Singapura? Já provou alguma de nossas comidas típicas?

Shawn: “Tem sido ótimo, eu amei estar aqui. É muito similar ao ocidente, a maioria das pessoas fala inglês e me faz sentir em casa mesmo eu estando bem longe do Canadá. Em relação à comida, eu praticamente não provei nada ainda. Acho que estou tentando não me aventurar demais porque tenho medo. Se algo aqui for similar ao Durian (uma fruta típica conhecida por ter um cheiro desagradável), eu prefiro jamais comer.

Você recebeu inúmeros conselhos do Ed Sheeran e Taylor Swift no início de sua carreira. O que você diria para um jovem músico que está tentando conquistar espaço nas redes sociais?

Shawn: Apenas escreva sobre o que você acredita e cante o que gosta, porque se você fizer com a sua carreira algo que não goste apenas para tornar-se reconhecido, isso não funcionará de verdade.

Até o ano passado você era um adolescente. O que o Shawn de agora diria para o Shawn de treze anos?

Shawn: Eu diria a ele para se acalmar e que as coisas vão funcionar. Acho que você não consegue pensar com clareza quando tem treze anos, tudo te assusta.

O mundo todo é apaixonado pelo seu relacionamento com Camila Cabello. Vocês dois não são um casal, mas eu gostaria de te perguntar: Você acha que Camila seria uma boa namorada?

Shawn: Com certeza! O próximo cara que se apaixonar por ela deveria pedi-la em casamento. Camila é uma amiga maravilhosa e eu a amo. Ela tem um grande senso de humor e é uma das pessoas mais determinadas que já conheci.

O que você acha sobre os novos singles dela?

Shawn: Eu adoro, são músicas ótimas! Acho “I Have Questions” e ‘Havana’ maravilhosas, e ‘Never Be The Same’ é incrível também. Eu tive a oportunidade de ouvi-la antes do lançamento e não consigo mais parar de escutar.

Alguns fãs achavam que Camila Mendes [atriz da serie Riverdale] era o nome do seu ‘shipp’ com Camila Cabello . Você gosta de Riverdale? E qual casal você prefere: Verônica (Camila Mendes) e Archie (K.J Apa) ou Betty (Lili Reinhart) e Jughead (Cole Sprouse)?

Shawn: Acho que eu shipparia Veronica e Archie.Na verdade eu vi essa historia envolvendo a Camila Mendes e achei bem engraçado.

Ed Sheeran é claramente uma de suas maiores referências. Você já considerou a possibilidade de gravar um dueto com ele? Existe alguma outra parceria na qual você tem interesse?

Shawn: Eu iria amar ter uma música com o Ed! Nós já conversamos sobre isso algumas vezes, mas nossas agendas fazem com que a gente nunca esteja no mesmo lugar, então é complicado. Sobre fazer parcerias, são muitos os artistas com quem eu adoraria trabalhar… Acho Khalid fantástico e seria incrível poder gravar com Alicia Keys e Bruno Mars também.

Nos fale sobre seus projetos futuros. Podemos esperar por um terceiro álbum?

Shawn: Sim, venho trabalhado bastante nisso ultimamente. Sempre estou escrevendo novas músicas e garanto que o CD será lançado em breve. Mas não posso dar detalhes ainda. Talvez eu grave algumas parcerias, mas realmente não posso falar muito sobre isso.

Você já falou algumas vezes sobre controlar o que posta nas redes sociais, porque a internet pode ser um lugar negativo e tóxico. Porém, é claro que às vezes é inevitável dizer certas coisas. Como você encontra o equilíbrio entre expressar suas opiniões e decidir o que não deve tornar público?

Shawn: Essa é uma pergunta ótima. Eu não acredito que haja um método para encontrar o equilíbrio, mas acho que as redes sociais são melhor utilizadas quando você é positivo e faz uso dela para enviar mensagens positivas. Quando isso acontece, acaba se tornando algo maravilhoso para fazermos parte. No entanto, quando há negatividade e ódio na Internet, isso afunda as pessoas em mais coisas ruins, afetando elas e quem as cerca. Acho que eu simplesmente prefiro espalhar boas ideias, e guardar as opiniões ruins somente para mim.

Não é exatamente um segredo que você detesta tomates. Se tivesse que escolher entre comer um tomate inteiro ou perder uma queda de braço para o Charlie Puth, qual opção você escolheria?

Shawn: [Risos] Provavelmente preferiria perder uma queda de braço para o Charlie, mesmo sabendo que isso nunca aconteceria de verdade.

Estamos na reta final da sua turnê. Quais os seus planos para 2018?

Shawn: Eu não sei muito bem, meu projeto para o próximo ano é, basicamente, continuar com a música e lançar um álbum melhor do que tudo que eu fiz até agora.

2017 foi um grande ano para você – músicas no topo das paradas, vários prêmios, sua turnê … Qual foi a sua maior realização pessoal?

Shawn: Essa é uma pergunta difícil. Eu diria que provavelmente a turnê é uma das minhas memórias preferidas porque foi muito divertida. Toda vez que eu saio do palco e sei que o show foi bom, independente de estar tocando na Europa, no Canadá ou em Singapura, é o melhor sentimento do mundo.

Nenhum Comentário
 
Tema por Gabriela Gomes Conexão Shawn Mendes • Hosted by Flaunt